Aumento dos Servidores Públicos – Supersalários do Executivo

8 agosto, 2008

Fazia tempo que não postava. Somente uma novidade dessas pra me fazer voltar a ativa. O governo federal deve encaminhar nos próximos dias, duas medidas provisórias (que mais tarde se converterão em Lei), aumentando os salários de uma série de carreiras do Poder Executivo, consideradas “tíipicas de estado”. Os valores oscilam entre 18 e 19 mil reais iniciais.

Esse assunto é extenso, complexo e cansativo. Um post abrangente e completo sobre esse assunto seria muito chato, e eu correria o risco de distrair e dividir muitas opiniões em filigramas inúteis e secundários, para alegria de nossos algozes. Pulemos as partes chatas, e vamos aos fatos e a algumas perguntas e opiniões. O efeito na cabeça do leitor inteligente será praticamente o mesmo.

Nosso país é um país em desenvolvimento, com índices de desenvolvimento humano subsaarianos em determinadas regiões, população pobre, com um déficit educacional secular astronômico e com uma gigantesca carência por investimentos em infra estrutura. Precisamos de transportes urbanos, estradas melhores, ferrovias, malha aérea moderna, portos, controle de fronteiras, forças armadas decentemente equipadas, segurança urbana, ordenamento urbano (ruas asfaltadas, amplas, bairros bem planejados, com calçadas, postes, pontos de ônibus, estacionamentos, etc), reforma agrária, desenvolvimento tecnológico, escolas de qualidade, sistemas eficientes de gestão pública, creches, alimentos nutritivos a preços baixos, hospitais decentes, para dizer o mínimo. Isso é o que me parece ser o mais urgente.

Um médico de hospital público ganha uma mixaria, e não será contemplado em nenhuma das MP’s. Um professor de escola pública recebe uma remuneração humilhante, e também não foi agraciado com reajuste (no caso deles, quase não conseguiram obter o piso de 950 reais recentemente). Os profissionais que constroem e projetam portos, rodovias e aeroportos, ou pertencem à iniciativa privada, e realizam os serviços por terceirização, ou recebem salários ridículos em órgãos sucateados da administração.

Quem ganha bem nesse país ? O Poder Judiciário ( O Brasil precisa, prioritáriamente, de mais judiciário ?) o Legislativo ( O Brasil precisa de mais ou de menos legislativo ? ) ou categorias como Diplomatas e Analistas de Comércio Exterior, Auditores da Receita (O Brasil precisa, prioritariamente, de auditores e diplomatas mais bem pagos, ou de mais auditores e mais diplomatas ?). E é justamente esse pessoal que agora pressiona para ganhar um salário ainda melhor.

Em economia existe um conceito básico chamado “custo de oportunidade”. Em linhas gerais significa o seguinte: Você tem dois reais. Uma maça custa dois reais. Uma laranja custa dois reais. Se você comprar uma maça, não poderá comprar também uma laranja, e vice-versa. O custo de oportunidade ao comprar uma laranja, é uma maça, pois os recursos são escassos, apenas dois reais. Transferindo o exemplo para o nosso caso, o custo de oportunidade de aumentar salários para funcionários públicos em setores não prioritários para o país no momento, e que já recebem uma remuneração muito boa, nos custa abdicar de nossas prioridades. Forças políticas poderosas atuam para fazer parecer o contrário, ou para não parecer importante esse tipo de escolha de como gastar os recursos, porque são exatamente elas as beneficiadas.

O fato é que atualmente, o serviço público brasileiro, além de não atender as necessidades da população, e, via de regra, prestar PÉSSIMOS serviços, custa à sociedade uma fortuna. Constitui, por sí só, uma classe auto-referida, que tem uma visão distorcida da realidade brasileira (especialmente os que residem em Brasília), e que visa tão somente aumentar os próprios benefícios numa corrida insana de ganância para ver quem estoura mais os cofres públicos com seus orçamentos gigantescos e privilégios travestidos com palavras doces como conquistas e direitos.

Depois dos juros e da previdência, o gasto com pessoal é o que mais pesa no orçamento público. Dessa forma é imprescindível para o país saber administrar suas despesas com pessoal, se quiser que sobre dinheiro para fazer o que realmente interessa. Esse país não é formado de servidores públicos. A esmagadora maioria trabalha na iniciativa privada e espera ansiosamente por serviços decentes em retribuição aos impostos extorsivos.

Definir prioridades e estabelecer metas e estratégias nunca foi o forte do estado brasileiro, salvo exceções vergonhosas. Enquanto isso for verdade, continuaremos sendo um país atrasado, injusto e caótico, sem perspectiva de dias realmente melhores para a sua maioria. Já para alguns poucos, certamente, dias melhores virão, com as novas MP’s.

Voltarei a falar desse assunto

7 Respostas to “Aumento dos Servidores Públicos – Supersalários do Executivo”

  1. Ewerton Gayo Rorigues de Oliveira Says:

    Enfim um tavez aumento, espero que não seja outro engordo federal

  2. ingrid Says:

    Espero que realmente se confirme esse aumento, afinal são anos de investimento em estudo num país de poucas oportunidades como o Brasil, pode-se dizer uma superação, resultado quase que somente de mérito pessoal, chegou a hora de haver reconhecimento!!!

  3. ingrid Says:

    Ah..e com valores que oscilam entre dezoito e dezenove iniciais posso te garantir que não procede essa informação averigue com mais precisão, pois essses valores são de final de carreira!!!!

  4. Bruno Says:

    De fato, a notícia está equivocada. Os valores são de final de carreira, não pra quem entra!


  5. Se o que escrever e facil principalmente quando não tem o conhecimentos real profundo do assunto. Eprocurar conversar com aqueles funcionarios dos tempos de FHC e Sr.LULA,abos turistas do gastos dos Orçamento da Nação.Isto mais ainda debaixo do pano?He!Cheio de maracutaias!!!e`…eu sou barnabe ,de pijame que ha 18 anos NÃO TIVE UM (Hum ) reajuste digno para o sustento de miha familia .Quem sou eQuem fui um simples Ego.Operacional de Gestão da Classe Superior com os vencimento de um salario minimo complementado quando a o reajuste do minimo +% lamento o estimado ,não iniciar sobre os vencimento dos nivel mais baixos ,a e ver como vivem a familia? tantos anos gastos tempo ,humilhação na esperança de um dia melhorar Ha/


  6. Quando me aposentei pelo Min.da educação. foi por volta dos anos 1991,recebia eu 100% dos meus vencumento,HOJE no ano de 2009? estou com os vencimento 10% Incrivel o grupo da ala dos MARACUTAIAIS merece aplauso Sr. L ?medalhas para eles eles merecem (Puxa sacos”@$&*+)Voltei na a.eleição no meu amado Luiz Inacio Lula na espernça de re organizar ,mais para tal preferiu consultar acigana FHC.por orientação indigou os amigos para a Pasta(BALAIO)ai formou se mais a incopetencia . e agora Jose e Agora?

  7. Manoel Andrade Says:

    O autor definiu mto bem quem ganha os altos salários porque para a maioria dos Funcionários Publicos Federais do Poder Executivo, principalmente os do nivel intermediário e os aposentados os salários são de fome.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: